Se o seu objetivo é desenhar uma estratégia de sucesso para destinos turísticos, os seguintes conselhos devem constar da sua agenda.

1. CONHECER O TERRITÓRIO E AS GENTES: saber as potencialidades do território e conhecer as pessoas e associações que o dinamizam é essencial para que a estratégia proposta se enquadre nas caraterísticas endógenas do destino.

2. TORNAR O PROCESSO INCLUSIVO: todos os atores devem ser integrados, quer intervenham na atividade turística de forma direta, quer indiretamente. Empresas do turismo e de outras áreas, investidores, empresários, residentes e mesmo agentes de outros territórios não podem ignorados.

3. INTEGRAR A COMUNIDADE LOCAL: os locais devem fazer parte deste processo, participando nos momentos de diagnóstico, de validação de ideias e na própria implementação da estratégia.

4. SER OUSADO: a ambição é fundamental no momento de definir a visão que se pretende, naquilo que o destino se aspira a tornar.

5. SER SMART: os objetivos associados à estratégia para o turismo devem seguir a lógica SMART – claros e objetivos, terem um método para serem medidos, serem alcançáveis, relevantes e estarem associados a um determinado período de tempo.

6. SER REALISTA: definir um plano de implementação que seja de possível implementação. É preferível um compromisso com intervenções mais simples, mas que se possam enquadrar com os planos de atividades e orçamentos das entidades gestoras.

7. PRIVILEGIAR OPORTUNIDADES DE FINANCIAMENTO: a definição da estratégia e do plano de ação também deve considerar as oportunidades de financiamento existentes e a disponibilidade financeira da entidade gestora, para que a implementação da estratégia seja uma realidade.

8. MONITORIZAR: you can’t manage what you can’t measure. É fundamental estudar as dinâmicas turísticas no território, assim como o perfil do turista – como procura informação, como reserva, traços do seu comportamento e suas necessidades.

9. CORRESPONDER À OFERTA: recomenda-se que as motivações e interesses dos segmentos e mercados prioritários definidos na estratégia se adequem com a oferta turística do destino.

10. CONHECER TENDÊNCIAS DO SETOR: a compreensão das tendências futuras do turismo é relevante para adaptar o serviço proporcionado pelo destino às necessidades atuais e futuras do mercado turístico.

>