Os espanhóis são o segundo mercado emissor de turistas para o Porto e Norte de Portugal, depois da França, de acordo com o estudo do perfil do turista que visitou o destino em 2015, desenvolvido pelo IPDT.

Neste artigo concentramo-nos apenas no viajante em lazer/férias, que representa cerca de 41 por cento das motivações dos turistas espanhóis que rumam ao Porto e Norte. Nesta perspetiva identificamos 5 caraterísticas deste mercado que é de grande importância para o destino:

  1. Fazem short-breaks

Cerca de 30 por cento dos turistas espanhóis que que visitam o PNP em lazer/férias têm como principal motivo fazer um short-break, seguindo-se o descanso e a gastronomia/vinhos, à semelhança do que acontece com o turista francês.

  1. Preferem hotéis

A maioria dos turistas espanhóis que opta pela hotelaria tradicional é significativa, sendo que 41 por cento fica alojado em hotéis e 24 por cento em pensões. A casa de familiares e amigos é a terceira opção para 23 por cento dos turistas.

  1. Gostam de experimentar a gastronomia

À semelhança dos turistas franceses, nove em cada dez turistas espanhóis em férias experimenta a gastronomia do Porto e Norte. Desfrutar da paisagem e gozar a animação noturna completam a lista das principais atividades praticadas no destino.

  1. Permanecem menos tempo no PNP

Comparando com os principais mercados emissores para o Porto e Norte, os turistas espanhóis são os que ficam menos tempo no destino, permanecendo, em média 4,80 noites.

  1. Gastam, em média, 79 euros por noite

O consumo por noite e pessoa dos turistas espanhóis é um dos mais elevados, totalizando, em média, 79 euros por noite. O gasto total por pessoa é de cerca de 379 euros e o gasto por noite/grupo corresponde a 137 euros.

O estudo do IPDT resulta de um inquérito recolhido junto de turistas que visitam o Porto e Norte via Aeroporto Francisco Sá Carneiro. Atualmente, a base de dados referente ao perfil do turista que visita a região contém mais de 12 mil e quinhentos inquéritos e permite fornecer informação credível para apoio à tomada de decisão.

Nos próximos artigos vamos identificar os perfis dos restantes principais mercados emissores para o destino. Fique atento!

>