INCENTIVOS

Linha de apoio à tesouraria para empresas turísticas nos concelhos afetados pelos incêndios

Esta Linha do Turismo de Portugal destina-se a fazer face às necessidades de tesouraria das empresas turísticas com atividade localizada nos territórios atingidos pelos incêndios, decorrentes da quebra temporária da oferta turística​.​​​​

Quem se pode candidatar?

  • Empresas, de qualquer natureza e dimensão, que exerçam atividades turísticas em concelhos que tenham sido atingidos por incêndios

Qual é o objetivo desta linha?

  • Assegurar as necessidades de fundo de maneio acrescidas das empresas turísticas com atividade em qualquer concelho que tenha sido atingido por incêndios, no sentido de contribuir para a minimização do impacto da diminuição temporária dos níveis de procura turística na atividade das empresas
  • Financiar necessidades temporárias de tesouraria que impliquem acréscimo de fundo de maneio, nomeadamente para pagamento de salários e fornecedores, incluindo a amortização de contas correntes caucionadas ou liquidação de financiamentos de curto prazo (até 1 ano)

Quais são as condições para os beneficiários?

  • Incentivo reembolsável, sem quaisquer juros remuneratórios associados
  • Prazo máximo da operação de 7 anos a contar da data de celebração do contrato, incluindo um período de carência de capital de 18 meses
  • Reembolso em prestações de igual montante com uma periodicidade trimestral
  • Limite máximo por empresa de 50% do volume de negócios do ano anterior ao incêndio (ou, para empresas constituídas no ano do incêndio, com base nos valores do balancete a 30 de junho), com um valor máximo absoluto de € 150.000
Nota a reter

As empresas que se candidatam precisam que o início das suas atividades tenham tido lugar antes da data da ocorrência dos incêndios.