A digitalização da sociedade tem sido uma das principais tendências de mercado, e tem promovido a alteração de comportamentos e atitudes por parte dos consumidores. Segundo a Marketeer, cerca de 3,8 mil milhões de pessoas de todo o Mundo têm conta em pelo menos uma rede social, o que significa quase metade da população está presente nestes canais de comunicação e socialização. O Facebook é de longe a plataforma com mais utilizadores registados. 

Qual é a importância da comunicação online dos destinos turísticos? 

O mundo digital altera-se diariamente e influencia diretamente os domínios da política, da economia e da sociedade. A presença digital representa uma grande oportunidade para qualquer negócio. Como área altamente dinâmica, o turismo não é exceção. Aliás, o setor tem-se revelado como um dos que mais tem potenciado a digitalização dos serviços. Desenvolver planos de comunicação, campanhas de marketing e uma estratégia que dinamize a relação turista-destino, numa atualização constante e de fácil acesso, são pontos essenciais para uma comunicação com retorno positivo 

Embora o turismo esteja agora a enfrentar vários desafios, é imperativo continuar a comunicar com os turistas para os captar, motivar e fidelizar e inspirá-los com publicações sobre os destinos, hotéis, monumentos, pontos turísticos e outras informações de viagem. Como? Com partilha de histórias autênticas, imagens que apelem à emoção, ideias originais e experiências genuínas. 

Tendências da procura em turismo 

 90% dos turistas procuram informações sobre viagens nos websites do destinoEsta é uma das conclusões do estudo dinamizado pelo IPDT ® – Turismo e Consultoria sobre as intenções de férias dos portugueses para 2020. 

Tendo em conta os resultados do estudo, os destinos turísticos devem ter como prioridade a aposta na comunicação digital e assegurar que as suas plataformaswebsites, apps e redes sociais permitem ao potencial turista aceder a informação transparente, atual, inteligível e apelativa que, simultaneamente, despertem o desejo de visitar/viajar e comprar 

Atualmente, quando falamos em marketing turístico é obrigatório associá-lo aos novos meios digitais que, cada vez mais, são uma ferramenta poderosa ao dispor dos agentes do turismo. Comunicar no digital é fundamental para manter a competitividade de qualquer destino ou região. 

 Qual a influência da internet e das redes sociais enquanto fonte de informação para os turistas? 

Em 2019 os dados mostravam que:  

  • 8 em cada 10 turistas selecionavam os destinos de férias e reservavaos serviços com base nas experiências partilhadas por outros viajantes. 
  • 3 em cada 10 turistas já escolhiam como destinos de férias aqueles onde conseguiam tirar boas fotografias para partilharem nas redes sociais. 

 Números do digital no turismo em Portugal 

 80% dos municípios portugueses não possuem website para o turismo 

Os resultados, disponíveis no caderno especial da Turismo’20, são de um estudo realizado pelo IPDT® que incidiu numa análise a todos os 308 municípios nacionais. Ainda assim, a nota positiva vai para a Área Metropolitana do Porto, onde metade dos municípios já possuem um website dedicado à promoção do turismo. Os dados foram recolhidos ao longo da segunda metade do ano de 2019. 

 Num mundo que mudou tanto nos últimos meses, alterou-se também a tendência de procura e as exigências dos viajantes. Prevê-se que haverá um aumento na procura de informação sobre viagens nos websites dos destinos. Para estar preparado e responder condignamente a estes desafios, será necessário trabalhar para um melhor posicionamento dos destinos turísticosaumentar a sua notoriedade e conquistar a confiança são fatores-chave nesta retoma. 

 A comunicação digital é também uma alternativa para comunicar a baixo custo Além de permitir atingir os públicos-alvo altamente interessados no produto turísticopermite ainda atingir mercados de maior distância. Este é o efeito 2 em 1: amplia-se o poder comunicacional e eliminam-se as barreiras físicas de comunicação. 

Três soluções para o posicionamento online dos destinos turísticos: 

  1. Ter um website para o turismo adaptado a todos os dispositivos – ter um portal turístico responsivo, que seja facilmente consultado através do computador ou do telemóvel, é um ponto extra para os destinos, que vão desta forma, otimizar o processo de comunicação com os viajantes. 
  2. Presença omnicanal – estar presente em vários canais potencializa a comunicação com os turistas. 
  3. Comunicação de proximidade, em tempo real e transparente com turistas – é fundamental apostar numa estratégia de comunicação que se baseie na constante atualização dos canais digitais, com um serviço de apoio em permanência aos turistas (esclarecimento de dúvidas sobre viagens, destinos, meios de transporte, entre outros). 

Os avanços tecnológicos estão a conduzir a importantes mudanças nos negócios, nas empresas, no ecossistema turístico e, por consequência, nas estratégias de marketing e comunicação. A Comunicação digital constitui uma das principais apostas dos destinos para a década 2020-2030 e vale a pena refletir sobre os seus benefícios. 

Neste contexto, comunicar será o grande trunfo dos destinos que quiserem sair na frente da corrida no momento da retoma das atividades turísticas. Esta é uma oportunidade para se ajustarem as estratégias de marketing turístico e de comunicação digital, adaptando-as às novas necessidades e desejos do mercado.  

O IPDT® – Turismo e Consultoria presta um serviço personalizado na área da Comunicação Digital no Turismo. Combinamos as ferramentas de comunicação digital, o amplo conhecimento do setor do turismo, as exigências dos mercados e os perfis de turistas. Atingimos públicos qualificados. Convertemos a comunicação em negócio. Medimos o retorno do investimento. 

Saiba mais informação aqui: Comunicação Digital no Turismo  

>