Um estudo divulgado pela 383, uma agência de design de experiências do Reino Unido, revela que, quando se trata de escolher um destino de férias, as pessoas entre 18 e os 35 anos são mais propensas a aceitar conselhos de influencers nas redes sociais do que de amigos e familiares. Perante estes dados, conseguir comunicar de forma segmentada com os millennials revela-se fundamental.

Mais de metade dos millennials (58%) acreditam que a informação fornecida pelo Instagram, blogs e Facebook é mais confiável do que a informação transmitida pelos que são mais próximos (família e amigos).

A mesma pesquisa revela também que as redes sociais influenciam 71% das decisões quando se pensa em planear uma viagem. Destaca ainda, que uma em cada dez pessoas passa até 20 horas a pesquisar o destino de férias antes de efetuar qualquer reserva, enquanto que 40% dos millennials fazem as suas pesquisas enquanto trabalham.

Então, como comunicar para esta geração? Neste artigo propomos 4 sugestões para comunicar de forma segmentada com os millennials:

1. Desenvolver campanhas patrocinadas nas redes sociais

As redes sociais são uma excelente fonte de divulgação e promoção dos serviços. O desenvolvimento de campanhas patrocinadas nas redes sociais permite, com investimento reduzido, alcançar públicos que, de outra forma, não seriam alcançáveis.

Outro dos motivos para investir em anúncios patrocinados é a segmentação, uma vez que se consegue traçar caraterísticas específicas do público a alcançar. As pessoas que recebem o anúncio estarão mais favoráveis à compra.

DICA: Uma vez que 40% dos millennials pesquisam as suas férias durante as suas jornadas de trabalho, as campanhas patrocinadas podem ser dinamizadas durante esse período. 

 

2. Aposta em blogtrips

Ter bloggers e opinion makers a referenciar um destino é uma das práticas mais valorizadas pelos turistas. O nível de credibilidade e apoio que o turista sente através destes mecanismos é determinante para a decisão de viagem. As viagens podem render ótimos resultados não só para os turistas, mas também para os bloggers, que têm conteúdo para os próprios blogs, e para as empresas, que vêm o destino ou a sua marca a ser divulgada.

Dica: Se os destinos se pretenderem posicionar num determinado mercado, o convite a bloggers especializados nessa área, pode ser uma solução bastante interessante para alcançar mercados mais segmentados e interessados no produto.

 

3. Presença ativa nas redes sociais

Para aumentar o número de seguidores é crucial desenvolver conteúdo de qualidade, interagir diretamente com os seguidores, criar publicações atuais sobre o destino e eventos e gerar conversas em torno de tópicos atuais. Gerar comentários associados aos tópicos que estão a ser produzidos é outra estratégia a considerar.

Dica: É fundamental gerir o ritmo da dinâmica das redes sociais e impor uma periocidade na atualização de conteúdos. Deixar páginas desatualizadas por longos períodos pode afetar a decisão de viagem dos turistas.

 

4. Instastories dinâmicas

O stories é atualmente uma das principais funcionalidades da plataforma Instagram. Este surge como alternativa às publicações normais uma vez que permite disponibilizar mais conteúdo sem causar a sensação de overposting.

Dica: É possível através das Instastories criar e promover storytelling atrativo, com o objetivo de promover recursos que pretendemos explorar. Para garantir que o turista se encontra suscetível à mensagem que pretendemos transmitir, poderá ser interessante com um elemento que o turista se identifique ou já conheça.

>