was successfully added to your cart.

Carrinho

Num momento desafiante para o setor do turismo devido à pandemia de covid-19, a estratégia para o turismo de Vila Nova de Gaia, apresentada publicamente no próximo dia 24 de outubro, pretende orientar a captação de novos turistas entre 2020 e 2025, promovendo a recuperação da trajetória de crescimento do setor no município.

Conheça a Estratégia

A estratégia, desenvolvida pelo IPDT® – Turismo e Consultoria, apresenta a visão para o turismo de Gaia, um dos setores com maior relevância para o volume global de negócios do concelho. Promover a diferenciação da oferta, a preservação dos recursos e das tradições, a sustentabilidade e a geração de valor para todos são os motes para o desenvolvimento turístico da cidade posicionar-se no mercado nacional e internacional como “Gaia, the Home of Port Wine”.

O documento propõe uma visão de atuação do destino a dois tempos, dando resposta às necessidades atuais. Na fase 1, o destino irá centrar-se em medidas que permitam a retoma da atividade turística em segurança e de apoio aos empresários do setor. Na fase 2, a iniciar em 2021, Vila Nova de Gaia irá focar a sua atuação em ações de qualificação da oferta, de promoção turística, de sustentabilidade e monitorização detalhada dos fluxos turísticos.

A Estratégia para o Turismo de Vila Nova de Gaia foi desenvolvida em compromisso com o desenvolvimento sustentável e a valorização de todo o território, propondo novas ofertas turísticas que estimulem a desconcentração da experiência do visitante.

As prioridades de atuação que serão consolidadas já a partir deste ano, passam pela preservação da identidade e da história característica das Caves de Vinho do Porto, pela promoção das praias atlânticas de bandeira azul, pela galvanização da dinâmica turística do Rio Douro, e pela valorização da cultura e do património cultural, material e imaterial, de Vila Nova de Gaia.

Gaia, que até 2019 tinha vindo a registar um aumento contínuo, nos hóspedes, nas dormidas, nas receitas turísticas e na dispersão da procura ao longo do ano, promete continuar a trabalhar para reduzir, ainda mais, a taxa de sazonalidade turística – atualmente situa-se nos 30% – em articulação com as metas da Estratégia Nacional para o Turismo 2027.

Este projeto teve por base uma análise detalhada aos indicadores nacionais e internacionais sobre a evolução do turismo de Gaia, aos seus principais mercados emissores e às tendências de consumo, preparando os empresários para os próximos cinco anos, num esforço conjunto de proximidade entre os agentes públicos e privados.

Saber mais sobre os serviços do IPDT

Conheça a Estratégia
>