fbpx Skip to main content

Com a evolução da tecnologia, surgem novas plataformas digitais que tornam as mais antigas obsoletas. No ano de 2016 foi fundada a rede social TikTok, antes conhecida como Musical.ly. Esta nova rede social tem como objetivo principal a partilha de conteúdo audiovisual de curta duração, com um máximo de 3 minutos. O TikTok é uma das redes sociais com maior e mais rápido crescimento no número de utilizadores ativos, registando no final de 2019 cerca de 508 milhões e no início de 2022, 1,3 mil milhões.

A média mensal de “engagement” por utilizador em 2021 era de 25,7 horas. A página principal da aplicação, “For You Page”, é a ferramenta da plataforma que mais atrai o utilizador, uma vez que personaliza e adapta totalmente o conteúdo aos gostos e comportamentos do utilizador, através de um algoritmo. No ano de 2021, o TikTok foi o domínio mais popular, ultrapassando a Google que ocupou a primeira posição durante vários anos e que, até ao final de 2020, continuava nesta posição. Verifica-se assim uma crescente procura pelo TikTok e a sua constante utilização na procura de conteúdos que posteriormente geram tendências.

Com o repentino crescimento do TikTok e dos conteúdos audiovisuais de curta duração, as outras redes sociais viram-se obrigadas a adotar novas ferramentas para se manterem competitivas, como é o caso do Instagram, com a criação dos Reels, ou do Youtube com o Youtube Shorts. Em julho de 2022, os anúncios promovidos através da plataforma tinham a capacidade de alcançar cerca de 3.09 milhões de pessoas em Portugal, com idade superior a 18 anos, representando cerca de 30% da população portuguesa.

TikTok no Turismo

O TikTok é uma rede social que oferece um elevado potencial para a promoção turística, 41% dos utilizadores são indivíduos da geração Z, os futuros turistas, contudo cada vez mais indivíduos de outras faixas etárias estão a aderir a esta plataforma destacando-se a geração Millennials.

Esta rede social apresenta algumas vantagens entre elas: o baixo custo, fácil produção e acesso a uma diversidade de conteúdos. O conteúdo audiovisual de curta duração é oferta principal do TikTok, que de acordo com a Skift, está a ganhar cada vez mais relevância no marketing e na promoção de destinos turísticos.

O crescimento desta rede social está a criar pressão para que os DMOs adotem estratégias digitais que acompanhem as tendências do mundo tecnológico. Amir Eylon (CEO Longwoods International) afirma que o conteúdo audiovisual de curta duração está a tornar-se um meio de grande importância para que os destinos turísticos transmitam a sua mensagem de forma concisa, atrativa e transparente. Para que o destino turístico alcance o sucesso, os DMOs necessitam de pensar no TikTok numa perspetiva mais abrangente, mais do que uma simples rede social, mas como uma plataforma de streaming de conteúdo audiovisual que atrai e cativa o público.

A utilização do TikTok como ferramenta de promoção de destinos turísticos ainda é recente e encontra-se em evolução, mas já é relevante no marketing turístico. A visualização de vídeos através da procura de hashtagsrevela que, até agosto de 2022, o destino turístico mais visto na aplicação era o Dubai, com cerca de 81.8 mil milhões de visualizações, seguido de Nova Iorque com 59 mil milhões de visualizações.

Um dos hashtags mais populares é #Tiktoktravel com aproximadamente 36.6 mil milhões de visualizações, o que transmite a relevância do TikTok na promoção de destinos turísticos e da atividade turística. Os conteúdos que utilizam este hashtag são, na sua maioria, pequenos vlogs onde o utilizador mostra o destino que visitou e transmite a sua opinião.

O TikTok oferece ainda a oportunidade de pequenos destinos emergentes competirem ao mesmo nível de destinos reconhecidos e desenvolvidos no mercado turístico, pois utilizam o mesmo formato de conteúdo e deparam-se com os mesmos desafios.

Em Portugal, o TikTok alcança mais de 3 milhões de portugueses. Em janeiro de 2023 verifica-se que os destinos portugueses estão referidos em diversos vídeos, através da utilização de hashtags. Alguns exemplos são:

  • #Porto – 2.9MM visualizações
  • #lisboa – 1.4MM visualizações
  • #visitlisboa – 3.7M visualizações
  • #visitporto – 2.9M visualizações
  • #visitalgarve – 2.8M visualizações
  • #visitazores – 1.8M visualizações
  • #melgaco – 415.4 mil visualizações

O alcance dos destinos portugueses, com destaque para os acima referidos, transmite a relevância da plataforma TikTok na promoção dos mesmos, e na divulgação dos seus elementos e atrativos diferenciadores. Contudo, é necessário referir que esta aplicação pode ter alguns desafios como a filtragem e a garantia de que o conteúdo relativo ao destino seja sempre objetivo e verdadeiro.

>