Turismo Centro de Portugal promove a 29 de outubro o Laboratório Turístico Lugares Património Mundial do Centro, uma iniciativa que tem como objetivo aproximar os agentes económicos do comércio, restauração, hotelaria e animação turística que operam nos Lugares Património Mundial do Centro de Portugal.

O evento, agendado para as 14h30, pretende sensibilizar os agentes turísticos dos quatro Lugares Património Mundial existentes na região — Mosteiro da Batalha, Mosteiro de Alcobaça, Convento de Cristo e Universidade de Coimbra, Alta e Sofia — para os benefícios do trabalho em rede e para o potencial deste produto turístico único, de forma prática e com base em casos de estudo.

Ao longo de duas horas, os participantes terão oportunidade de interagir numa discussão aberta sobre a qualificação para a estruturação do produto turístico. A sessão contará com um momento de perguntas e respostas, de forma a dinamizar a interação entre os participantes.

Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, e Sónia Almeida, administradora-delegada da ADERE – Peneda Gerês, serão alguns dos participantes. A iniciativa conta também com a participação do IPDT – Turismo e Consultoria, que dinamizará a apresentação do projeto e dos objetivos esperados.

Durante a sessão, será apresentado um estudo de caso do Parque Nacional da Peneda-Gerês – Reserva Mundial da Biosfera da UNESCO – sob o tema “qualificação para a estruturação de produto e trabalho em rede”. A iniciativa encerra um longo trabalho de diagnóstico e de definição de um caminho conjunto para a estruturação dos Lugares Património Mundial do Centro de Portugal, em colaboração com todos os intervenientes económicos.

A operação Lugares Património Mundial do Centro de Portugal, liderada pelo Turismo Centro de Portugal em parceria com os Municípios de Alcobaça, Batalha, Coimbra e Tomar e a Universidade de Coimbra, visa desenvolver a rede que une os quatro Lugares Património Mundial da Humanidade do Centro de Portugal e pretende valorizar e promover o Centro de Portugal junto de quem o habita e de quem o visita.

Considerando o contexto atual, o Laboratório Turístico Lugares Património Mundial do Centro decorrerá num formato exclusivamente online.

>