Quem nunca contou uma história que marcou a sua vida para incentivar outra pessoa a tomar uma atitude, ou simplesmente para apelar ao encanto do imaginário?

Nos dias que correm é cada vez mais difícil chamar a atenção das pessoas e seduzi-las com algo inovador ou surpreendente, perante a avalanche de estímulos presentes no mercado. A criatividade é, por isso, a única alternativa possível e as histórias surgem como ferramentas fundamentais no processo. E esta é uma realidade que pode, e deve ser aplicada ao setor do turismo.

As histórias geram emoção, identificação e envolvimento, captando a atenção dos expetadores, razão pela qual as técnicas de storytelling surgem como recurso valioso, quando bem utilizadas.

O storytelling é a capacidade de contar histórias relevantes, de maneira textual ou audiovisual, para promover um negócio, destino ou produto sem necessidade de venda direta.

Enquanto a venda é um recurso invasivo, o storytelling invoca a persuasão, apelando ao imaginário e recorrendo ao encantamento. Trata-se de uma ferramenta muito utilizada no marketing e na publicidade, e visa estreitar a relação entre as marcas e o consumidor final.

Mas atenção, contar uma história que seja capaz de se destacar na multidão e captar o interesse do público não é tão simples como parece. É necessário construir uma narrativa que tenha em consideração o público alvo e as suas necessidades e expetativas.

Nesta perspetiva, deixamos-lhe 4 dicas para contar uma história de sucesso:

1. Usar vocabulário adequado

Por exemplo, se pretendemos comunicar um destino turístico para jovens, é necessário adequar a linguagem a esse público;

2. Ter um bom argumento

Ninguém se vai se interessar por uma narrativa sem nexo. Se um destino tem uma história interessante, essa pode ser uma boa abordagem, considerando a apresentação dos detalhes de forma coerente e reservando o melhor para o final;

3. Apostar nas personagens

Uma forma de contar uma boa história é ter personagens encantadores, sejam reais ou não. O importante é que o público-alvo se consiga rever nesses personagens;

4. Quanto mais gráfico melhor

O recurso a imagens, ilustrações e vídeos tornam a narrativa mais fascinante. Lembre-se de que o mais importante é trabalhar o encantamento para que as pessoas sintam vontade de visitar determinado local.

  • Avatar dina gusmao diz:

    Subscrevo as quatro dicas e uma quinta que é, para mim, a essência de todas, a intuição.

  • >