Turismo vai continuar a crescer em 2020. Nível de confiança médio no desempenho do setor volta a posicionar-se muito próximo dos 80 pontos percentuais.

Os resultados do turismo nacional em 2020 vão ser iguais ou melhores que os de 2019, pelo que se espera que o turismo continue a crescer. A previsão é avançada na 61ª edição do Barómetro do Turismo do IPDT. Das respostas obtidas, 41 por cento esperam que o turismo nacional em 2020 tenha resultados globais idênticos aos obtidos em 2019. Para 39 por cento serão melhores, enquanto que 20 por cento acreditam que o desempenho do setor vai ser pior que o do ano passado.

O nível de confiança médio no desempenho do turismo atingiu, em fevereiro de 2020, os 79,5 pontos, um acréscimo de 1,6 pontos face ao último registo observado em setembro de 2019. Os resultados desta edição indicam ainda que nos próximos seis meses o número de pessoas empregadas, o investimento privado, a procura interna e a carga fiscal são os indicadores que deverão registar melhor desempenho.

No que respeita ao desempenho do turismo nacional em 2019, face ao investimento realizado em promoção interna, 73 por cento dos respondentes consideram que correspondeu às expetativas, tendo estas sido superadas na opinião de 11 por cento.  Por sua vez, o desempenho face ao investimento em promoção externa foi considerado pelos respondentes do Barómetro como dentro das expetativas (76 por cento) ou acima das expetativas (17 por cento).

A mais recente edição do Barómetro do Turismo procurou ainda perceber qual o estágio de adoção de práticas de sustentabilidade por parte das empresas portuguesas do setor. O painel avaliou, numa escala de 1 a 5, a adoção destas práticas, estando a sustentabilidade económica melhor cotada (3,2 pontos), face à sustentabilidade social (2,6 pontos). O painel aponta a eficiência energética, a redução e reciclagem de desperdícios, a poupança de água e o consumo responsável como áreas de intervenção prioritárias.

Os membros do painel sugerem também incentivos à implementação de políticas de sustentabilidade e certificação ambiental, a aposta na qualidade da oferta e dos serviços prestados e promoção dirigida a mercados envolvidos com políticas sustentáveis, como medidas concretas a adotar para consolidar Portugal como destino sustentável de sucesso.

>